4 dicas para melhorar seu raciocínio lógico de forma divertida

4 dicas para melhorar seu raciocínio lógico de forma divertida

Você sabia que o raciocínio lógico não é apenas uma matéria que cai no vestibular? Apesar de estar bastante ligado à matemática, ele é muito mais que um conjunto de números. Ele define a forma de alguém pensar e chegar à conclusão de um problema.

Talvez você não tenha se dado conta, mas todos nós precisamos bastante dele no dia a dia. Quer um exemplo bem simples? É a partir de um raciocínio lógico que decidimos sobre a ordem de guardar os materiais dentro da mochila. Ou seja, é por meio dele que tomamos várias decisões importantes — que podem ter vários impactos em nossa vida.

Que tal, então, conversarmos um pouco sobre como aprimorar essa habilidade? Basta continuar a leitura!

A importância do raciocínio lógico

Você já deve ter percebido que o raciocínio lógico não é apenas o nome de uma matéria do vestibular ou disciplina para tornar o currículo escolar diferenciado. É, também, uma habilidade. A matemática só usa esse termo para definir alguns tipos de problemas em que o uso da lógica ajuda a resolvê-los.

Porém, a verdade é que a necessidade desse tipo de pensamento está em tudo: desde a nossa decisão sobre qual caminho tomar para chegar mais rápido à escola até a descoberta, por um agente da FBI, de quem é o assassino. Ele é considerado uma das capacidades mais requisitadas para o mercado de trabalho atualmente.

Sendo assim, ao treinar o seu raciocínio lógico, você adquire mais habilidades para a matemática e problemas da sua vida pessoal e do seu futuro profissional.

Como melhorar seu raciocínio lógico

Treinar o raciocínio lógico não precisa ser chato. Veja só algumas ideias!

1. Conheça bons aplicativos

Talvez você já tenha ouvido uma expressão dizendo que o cérebro é como um músculo, certo? Na verdade, ele não é, mas a ideia por trás disso é que, quanto mais o treinamos, mais “forte” ele fica. Aplicativos de matemática ou que nos obrigam a pensar rápido são boas formas de conseguirmos isso. Veja algumas opções!

Fit Brains

Disponível para Android e iOS, o aplicativo foi feito por neurocientistas e promete treinar de forma divertida. O objetivo é estimular a velocidade de raciocínio e a memória em cerca de 360 sessões de exercícios. O sistema do jogo é tão inovador que as atividades se adaptam ao nível de resposta de cada usuário. As fases são divididas em iniciante, intermediária e avançada.

Luminosity

Disponível para Android e iOS. É um programa de treinamento cerebral, com diversos exercícios que estimulam o raciocínio e a tomada de decisões. Ele promete deixar o cérebro mais flexível, com o treinamento da atenção e da resolução de problemas. Assim como o anterior, foi criado por neurocientistas, que pegaram exercícios cognitivos e os transformaram em brincadeiras. Os programas de treinamento são personalizados, de acordo com a idade e o desempenho de cada jogador.

Elevate

Disponível para Android e iOS. Ele treina diversas habilidades, entre elas o raciocínio lógico e noções de matemática. Os desafios começam simples, mas vão se tornando mais difíceis ao passar das fases. Existe também a versão paga, que disponibiliza mais ferramentas e níveis para a diversão ficar completa.

2. Faça atividades saudáveis

Os neurocientistas são unânimes em ressaltar o quanto uma vida saudável colabora para que o cérebro permaneça jovem por mais tempo e tenha um alto raciocínio. Para isso, insira as seguintes práticas na sua rotina.

Exercícios físicos

Exercícios físicos melhoram o fluxo sanguíneo, irrigando ainda mais o cérebro. As células nervosas ganham potência ao serem estimuladas dessa forma. A frequência ideal é de 30 minutos, 3 vezes por semana.  

Dieta balanceada

A alimentação saudável colabora para que os neurônios vivam mais. O recomendado é comer um pouco de cada grupo alimentar, diariamente, para evitar a carência de alguma vitamina ou mineral.

Boa noite de sono

Se você gosta de ir para cama muito tarde e precisa levantar cedo no dia seguinte, uma má notícia: dormir pouco faz o cérebro funcionar como se ele fosse muito mais velho que na verdade é. Isso prejudica as habilidades mentais, como concentração e raciocínio.

Instrumento musical

Altura, timbre, ritmo e som. A música é uma forma gostosa de treinar a mente, facilitar a aprendizagem e aumentar a capacidade de foco. Além de ser relaxante, ao tocar um instrumento, várias áreas cognitivas são estimuladas.

3. Divirta-se com jogos

Além dos aplicativos, existem jogos em versão mais tradicional que também são interessantes para quem quer ficar com a mente mais afiada!

Sudoku

É uma espécie de quebra-cabeça, mas que usa números sequenciais. Treina a atenção e a perspicácia para saber como terminar cada problema. 

Palavras-cruzadas

Palavras-cruzadas são formas de aprimorar o vocabulário e estimular a mente para que encontre o termo correspondente a cada pergunta.

Xadrez

Muito conhecido por suas vantagens em ajudar o pensamento lógico e a resolução de problemas, o xadrez é uma excelente forma de deixar a mente bastante ativa. Como cada peça tem um movimento diferente, é necessário desenvolver bastante estratégia para vencer.

Cartas

Da mesma forma, jogos de cartas treinam a habilidade de pensar em novas estratégias, deixando a mente mais afiada para o raciocínio. Além disso, ajudam o cérebro a encontrar padrões e respostas dedutivas.

4. Treine exercícios de raciocínio lógico do vestibular

Quando passamos a entender a lógica por trás de cada exercício, eles se tornam bastante divertidos. Observe alguns tipos!

Sequência numérica

Ao ver uma sequência numérica, é preciso encontrar um padrão por trás dela. A partir disso, você descobre um critério, que pode ser adição, multiplicação, divisão etc. Por exemplo, observe a sequência 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13.

Se você prestar atenção, verá que o algarismo que sucede um número é a soma dos outros anteriores: 1+1=2, 1+2=3, 2+3=5, 3+5=8 e 5+8=13. Logo, o próximo número é 21, pois 8+13 chega a esse resultado. 

Silogismo

Esse tipo de raciocínio é dedutivo, formado a partir de premissas. Por exemplo, qual conclusão você tem com as seguintes frases?

  • Está frio ou está calor.
  • Não está calor.

Sabendo que não pode estar frio e calor ao mesmo tempo, e que última premissa afirmou não estar calor, só podemos dizer que está frio.

A partir dessas resoluções, é só aumentar aos poucos o grau de dificuldade.

Existe uma diversidade de formas de treinar o raciocínio lógico e tornar seu cérebro afiado para lidar melhor com questões pessoais e profissionais. Isso fará com que você consiga aproveitar melhor as oportunidades da vida.

Gostou do artigo? Aproveite e compartilhe-o com seus amigos nas redes sociais! Com certeza mais alguém achará interessante também!