geração alpha

Conheça as principais características da geração alpha!

Você sabe como ajudar seu filho nas tarefas escolares?

Enquanto nós fomos apresentados à internet — discada, ainda por cima — durante nossa adolescência, as crianças da geração alpha já cresceram superconectadas. Elas nasceram a partir de 2010, totalmente imersas na tecnologia, e estão desenvolvendo uma visão de mundo bem diferente da nossa.

Desde bebês, encontram nas telas o refúgio para qualquer diversão e aprendizagem. Essa peculiaridade dá a elas características também distintas que, por sua vez, fazem surgir necessidades divergentes das que tínhamos na idade delas.

Ficar por dentro dos detalhes da geração alpha ajudará você a lidar melhor com seus filhos, sobrinhos e outras crianças do seu convívio. Acompanhe o texto!

Quais as características da geração alpha?

“Na minha época, as coisas eram bem diferentes.” Que atire a primeira pedra o pai ou a mãe que nunca pensou nessa frase! Muitas coisas não têm como ser iguais mesmo. Afinal, o meio em que vivemos se transformou bastante, não acha? Conheça algumas das características mais marcantes da geração alpha!

Independência

Habituadas a lidar com smartphones e tablets, as crianças dessa geração cresceram com um senso de independência um pouco maior. Elas aprendem que aquele joguinho tão desejado pode ser baixado com apenas um clique e que suas dúvidas sobre o mundo ou sobre os componentes curriculares da escola podem ser supridas com a ajuda do Google. 

Tudo é muito mais fácil e mais acessível do que na nossa época, quando tínhamos que esperar ganhar um brinquedo em alguma data comemorativa, ou, então, contar com a ajuda de grandes enciclopédias para nos dar a resposta de uma simples pergunta.

Curiosidade

Crianças da geração alpha são curiosas e não têm medo de apertar botões para entender o que eles fazem. Isso dá a elas mais facilidade para resolver problemas, o que também contribui para seu desenvolvimento cognitivo.

Com mais independência e curiosidade, elas aprendem as coisas super-rápido, muitas vezes nos surpreendendo ao demonstrar um grande conhecimento sobre determinado assunto.

Agilidade

Por ter crescido no meio de vários eletrônicos, a geração alpha tem mais agilidade para encontrar o que deseja. Por ter curiosidade e ser mais independente, lidar com equipamentos, para elas, é bastante intuitivo. Não é incomum que, muitas vezes, nossos filhos e sobrinhos ensinem a nós e a nossos pais como resolver um problema na smart TV ou no smartphone.

Empatia

Essas crianças também estão mais abertas ao que é diferente. O fácil acesso às informações na internet, aliado a um movimento social de inclusão e aceitação, faz com que essa geração desenvolva mais a empatia.

Dificuldade de concentração

Por outro lado, como estão acostumadas com vários estímulos simultâneos, as crianças podem apresentar dificuldade de concentração, o que atrapalha seu processo de aprendizagem. Elas tendem a ter menos tolerância para a espera e para a frustração. Isso contribui para o aumento da ansiedade e para a dificuldade de colocar a resiliência em prática.

conheca-as-escolas-seb

Quais os desafios na educação da geração alpha?

É um desafio para os adultos saber como educar as crianças da geração alpha, no meio de tantas transformações. Queremos dar a elas a merecida diversão e leveza da infância. Ao mesmo tempo, nos damos conta de como é difícil entrar em confronto com o avanço da tecnologia, não é mesmo?

Como você viu, essa geração é mais autônoma em relação às próprias dúvidas e curiosidades. Assim, o novo assunto que o professor apresenta na sala de aula nem sempre é exatamente uma novidade, pois existe grande possibilidade de a criança já ter assistido a vídeos ou acompanhado um youtuber falar sobre ele.

Isso exige dos professores e dos pais um pouco mais de dinâmica no ensino do conteúdo. Outra dificuldade que faz parte da educação dessa geração é a baixa habilidade emocional. As crianças têm tendência a sentir mais empatia, no entanto, nem sempre conseguem lidar com suas próprias emoções e fracassos.

Como pais e escola podem se adequar para garantir uma boa educação?

Muito se discute sobre o futuro da educação e sobre como as tecnologias impactarão a aprendizagem das crianças no futuro. Apesar de isso ser importante, também cabe nos preocuparmos com a educação do tempo presente. Saiba algumas dicas de como cuidar melhor do ensino para a geração alpha!

Com tecnologia

Por estarem conectadas com os dispositivos desde sempre, as crianças lidam muito bem com a tecnologia. Por isso, usá-la dentro da educação e do processo de desenvolvimento faz todo o sentido.

Games podem contribuir no ganho de algumas habilidades, como raciocínio lógico, concentração e memória. A tecnologia também é uma aliada ao transmitir conceitos importantes. Há canais no YouTube, por exemplo, que ensinam sobre Física, Química e História, usando uma linguagem leve e dentro da realidade da criança.

Com conexões entre os membros da família

A geração atual é mais caseira, preferindo, por exemplo, curtir o final de semana assistindo a séries na Netflix a sair com os amigos. É possível aproveitar esse gancho para deixar os laços familiares mais estreitos. Que tal encontrar um filme que agrade a todos ou ter um jogo de tabuleiro para os momentos de diversão?

Com mais habilidades socioemocionais

Essa geração pode ser mais antenada e esperta para dispositivos eletrônicos. Também pode estar por dentro de temas complexos, como política, e ter mais facilidade para identificar, por exemplo, fake news. No entanto, a criança ainda precisa de ajuda para se desenvolver emocionalmente e saber lidar melhor com seus sentimentos.

Com metodologias diferenciadas

As escolas precisam investir em metodologias diversas para ter a atenção da criança dentro da sala de aula. Ensino híbrido, gamificação, experimentação, abordagem individualizada, ensino ativo, metodologia STEAM e ensino mão-na-massa fazem muito mais sentido do que o estilo tradicional, no qual o professor é o centro das atenções e os alunos ficam passivos, apenas recebendo a mensagem.

Enfim, ainda que a geração alpha tenha qualidades superiores às das gerações anteriores, também têm suas necessidades e dificuldades. Conhecer essas características nos dá mais poder para ajudar as crianças em um desenvolvimento saudável, que as deixe preparadas para enfrentar os desafios do mundo adulto.

Gostou do conteúdo? Siga-nos nas redes sociais e acompanhe de perto mais dicas de desenvolvimento infantil! Estamos no Facebook, Instagram e YouTube!