Como fazer uma boa prova: 9 hacks infalíveis para você se dar bem

Como fazer uma boa prova: 9 hacks infalíveis para você se dar bem

A proximidade do ENEM e dos principais vestibulares no último ano do Ensino Médio pode deixar muitos estudantes aflitos. Em meio ao nervosismo, uma das preocupações é como fazer uma boa prova. Afinal, muita gente sofre do famoso — e temido — “apagão” quando está sob pressão.

Sem contar que, com um tempo de prova cronometrado e dezenas de questões para dar conta, alguns alunos podem ter problemas no gerenciamento de tempo e, como consequência, perder a aprovação porque não conseguiram passar suas respostas para o gabarito. Um pesadelo, não é?

Para ajudar você a driblar esses problemas e mandar bem em qualquer prova, preparamos 9 dicas infalíveis. Anote aí!

1. Defina uma metodologia de estudo

O primeiro passo é definir uma boa metodologia de estudo com antecedência. Se você aproveitou bem os anos do Ensino Médio, já contemplou todos os assuntos que os principais vestibulares e o ENEM costumam cobrar.

Então, a dica é preparar um calendário de revisões para reforçar ainda mais esse conhecimento. Existem algumas técnicas que ajudam nessa hora, como a do mapa mental, muito útil para memorizar informações.

2. Cuide do sono

Nada de passar noites sem dormir estudando sem parar! Você pode até pensar que está contribuindo para os resultados positivos no vestibular, mas não é bem assim. Afinal, a negligência de sono pode prejudicar sua capacidade de aprendizado — é o que dizem os especialistas da Universidade da Califórnia (UCLA), em um estudo comentado pelo Guia do Estudante.

De acordo com a pesquisa realizada, os alunos que deixam de dormir para estudar têm dificuldade em compreender o conteúdo no dia seguinte. Falta de atenção, cansaço mental e raciocínio lento são algumas das consequências de noites mal dormidas. Características nada positivas para quem precisa enfrentar um exame importante, concorda?

O ideal é dormir de 6 a 8 horas diariamente, e com qualidade. Se você é do tipo que perde o sono quando há algum tipo de ansiedade, experimente se desligar dos eletrônicos cerca de 1 hora antes de se deitar — tomar um chá de camomila e baixar algum aplicativo com técnicas de relaxamento ajudam também. Tudo para ter um bom descanso!

3. Conheça a prova antes

Um dos maiores motivos para ficar nervoso antes de uma prova é não saber o que esperar dela, tanto em termos de organização das questões, quanto em nível de dificuldade e critérios de correção. Mas o contrário também ocorre: saber onde você está pisando contribui para o bom desempenho.

Portanto, tenha como uma prioridade pesquisar bem sobre o formato dos exames que vai prestar, baixar edições anteriores da prova e realizar simulados com questões passadas. Assim, você já vai para o vestibular se sentindo em casa.

4. Prepare-se mentalmente para o grande dia

Quando o grande dia estiver se aproximando, comece uma preparação mental para a sua aprovação. Cole post-its no espelho com frases de motivação, leia mais sobre a profissão desejada para ter aquele ânimo de novo e repita diariamente que você é capaz de passar no exame, pois estudou o suficiente.

5. Organize-se com antecedência

Para conseguir sua tão sonhada aprovação, as dicas de como fazer uma boa prova não se restringem ao momento de resolver as questões. Você também precisa se preocupar com algo que parece irrelevante, mas que, quando em falta, pode eliminar um candidato: chegar na hora e com os documentos necessários.

Os “atrasados do ENEM” podem até render memes na internet, mas se coloque no lugar dessas pessoas: você não quer perder mais um ano até o próximo exame por causa de 2 ou 3 minutos de atraso, não é? Então, algumas dicas de organização são:

  • cerca de 1 mês antes da data, confira, no manual do candidato, quais são os documentos que precisam ser levados no dia e providencie o que falta, caso não estejam em ordem;
  • na noite anterior, deixe sua bolsa ou mochila arrumada com os documentos e materiais necessários;
  • leve caneta, lápis e borracha em duplicidade, para não correr o risco de ficar sem. Mas, antes, confira se o exame em questão permite esses materiais;
  • pense no trajeto alguns dias antes, estudando rotas e programando os seus afazeres pela manhã para sair com antecedência.

6. Saiba aproveitar o tempo da prova

A maioria dos vestibulares tem 90 questões, mais uma redação. Ou seja, é muita coisa! Ainda que o candidato tenha 4 ou 5 horas para a realização do exame, sem gerenciamento de tempo pode haver problemas.

Por isso, ao sentar-se na cadeira, faça um cronograma mental para dar conta de tudo. Pense assim: nas primeiras 3 horas, você precisa ter passado por todas as questões e respondido a maioria. Depois, separe 30 minutos para revisitar problemas deixados para trás e, na última meia hora, passe as respostas para o gabarito.

7. Comece pelas matérias de que você mais gosta

Se você é fã das matérias de exatas, mas não gosta muito dos textos de História, por exemplo, comece pelos assuntos em que tem facilidade. Caso contrário, a leitura dos enunciados pode tirar toda a sua energia e prejudicar o desempenho nos conteúdos em que manda bem.

Depois de cobrir os conteúdos que são mais fáceis para você, dê uma pausa, vá ao banheiro, lave o rosto e volte para as questões que não são a “sua praia”. Até porque os vestibulares costumam atribuir pesos para as questões, de acordo com as áreas de conhecimento que são mais relacionadas ao curso pretendido.

Então, por exemplo, se você quer fazer Engenharia Eletrônica, possivelmente as matérias de Física e Matemática — que você provavelmente também gosta mais — terão um peso maior na atribuição de nota e servirão como critério de desempate. Assim, é melhor garantir essas.

8. Vá eliminando alternativas

Se você quer saber como fazer uma boa prova de múltipla escolha, a dica é eliminar as alternativas por critério de certeza. Funciona mais ou menos assim: você lê o enunciado e sabe que, das 4 alternativas, as letras (b) e (c) não são as certas de jeito nenhum. Marque um “X” na frente delas.

Entre as letras (a) e (d), que restaram, você está em dúvida, mas acredita que a (d) é mais correta que a outra. Então, faça uma flechinha na frente dela e, algumas questões mais tarde, volte para reler o enunciado. Assim, ficará muito mais fácil visualizar a resposta certa e evitar erros por conta de “pegadinhas” nas alternativas.

9. Adie as questões em que está com dificuldade

A última dica é adiar as questões em que você vê muita dificuldade. Nada de ficar estagnado, esperando uma revelação inconsciente de qual é a resposta certa. O melhor é prosseguir para não atrasar a resolução das outras questões e voltar na que ficou para trás depois. Talvez, com a leitura do restante da prova, fique mais fácil encontrar a resposta.

Com uma metodologia de revisão eficaz, uma boa dose de organização e algumas estratégias, você já sabe como fazer uma excelente prova e evitar o estresse com vestibular. No mais, a dica é estudar bastante e tirar todas as suas dúvidas antes do exame, para ir preparado.

Aproveite e baixe também o nosso Guia do Vestibulando! Confira outras dicas incríveis para a sua aprovação!