Esclarecemos 6 dúvidas comuns sobre a aula digital

Esclarecemos 6 dúvidas comuns sobre a aula digital

Há alguns anos, a educação à distância não era tão comum e nem tão aplicada nas instituições de ensino; porém, com os avanços que a tecnologia proporcionou, ter uma aula digital hoje não é motivo de surpresa para ninguém. Mas, se engana quem pensa que essa técnica requer apenas um computador e um professor do outro lado da tela ensinando os conteúdos.

Para esclarecer as dúvidas sobre esse assunto, preparamos um conteúdo com informações necessárias, tanto para o aluno, quanto para o professor, acerca do funcionamento de uma aula digital. Quer saber mais? Então, confira!

1. O que é uma aula digital?

A aula digital consiste na introdução da tecnologia nos métodos de ensino, com o objetivo de aprimorar a aprendizagem do aluno.

Como não existe uma base de abordagem predeterminada — muito em função da velocidade em que as novidades e soluções tecnológicas surgem — cabe a cada grupo de educadores e instituições buscarem a fórmula mais adequada para promover esse tipo de ensino.

Para isso, eles podem utilizar as mais variadas ferramentas de educação disponíveis na internet — como aplicativos para celulares e computadores — e aliá-las a uma metodologia de ensino voltada para esse cenário.

2. Quais as principais características dessa modalidade?

A aula digital apresenta como principal propósito ser democrática, ou seja, ela pode levar um conteúdo rico e acessível a uma maior quantidade de pessoas. Por isso, separamos aqui os principais benefícios que ela nos traz. Veja.

Acesso facilitado

Quando falamos em aula digital, é comum imaginarmos uma metodologia voltada aos assuntos mais abstratos e resultados a longo prazo; porém, ela também pode ser adotada no modelo mais tradicional de ensino, desde que as ferramentas necessárias para a aplicação desse método sejam disponibilizadas a todos os alunos.

Tendo em mãos esses recursos, o acesso às informações fica muito mais fácil, se comparado aos meios tradicionais. Imagine trocar horas de pesquisa em uma biblioteca por apenas alguns cliques no computador, por exemplo.

Informação de qualidade

E não é só a quantidade de conteúdo que a internet oferece, mas também a qualidade do material que pode ser encontrado. Além de matérias em jornais, correios eletrônicos e sites de notícias, várias bibliotecas contam com seu acervo digitalizado, tornando possível que se tenha acesso ao seu material sem sair de casa ou sem a necessidade de levar os livros até as salas de aula.

Soluções inclusivas

Outra característica da aula digital é a inserção dos alunos nesse universo. Apesar de a inclusão ser bastante abrangente atualmente, existem pessoas que têm acesso limitado a esse tipo de conteúdo em suas casas; por isso, adotar essa metodologia pode auxiliar na familiarização de quem tem essa restrição.

3. Como ela funciona na prática?

O principal recurso que deve ser disponibilizado para a realização de aulas digitais é a criação da sala de aula virtual. Ela será o ambiente de estudos dos alunos e o local mais propício para o desenvolvimento das matérias.

É lá que os estudantes poderão focar nos resultados, pois terão ao seu alcance as ferramentas necessárias para facilitar a absorção do aprendizado. Dentro desse ambiente, os alunos devem ter acesso a algumas facilidades, tais como:

·      acesso às matérias favoritas;

·      contato direto com os professores para sanar dúvidas;

·      possibilidade de comentar e fazer sugestões sobre os temas abordados;

·      testes educativos e questionários para avaliar seu progresso de aprendizagem;

·      acesso a conteúdos para revisão.

4. Quais as vantagens da aula digital?

Uma das maiores vantagens da aula digital é o universo de métodos de ensino que é disponibilizado, tanto para o professor, quanto para o aluno, o que gera maior engajamento de todos os envolvidos no processo.

Além disso, existem vários outros fatores que tornam essa metodologia muito benéfica, tais como:

·      interação entre pessoas de outras cidades, estados e até de outros países;

·      soluções interativas voltadas ao combate ao tédio;

·      menor índice de evasão escolar, pois pode-se acessar as aulas de casa;

·      melhor aproveitamento do tempo.

5. Quais as melhores práticas para aprender em uma aula digital?

Há uma série de práticas que podem ser adotadas para que os alunos consigam aprender melhor com a aula digital. Entre as principais, estão:

·      a gamificação, que desperta o interesse e a motivação dos alunos, por estar relacionada a jogos;

·      a robotização, que poderia ser aplicada com a utilização de chatbots para interagir e responder os alunos;

·      o ensino à distância.

6. Que ferramentas usar?

Agora que você entendeu um pouco mais sobre os objetivos e as vantagens da aula digital, veja a seguir as principais ferramentas que são utilizadas nesse método.

Fórum de discussão

Manter a interação entre os estudantes sobre as matérias aplicadas na aula digital é fundamental para o desenvolvimento do aprendizado. E, para auxiliar nisso, existem os fóruns de discussão.

Por meio deles, os alunos podem tirar dúvidas entre si e com os professores, ou sugerir temas para as aulas, permitindo a troca de experiências entre os participantes e tornando o ambiente o mais próximo possível de uma sala de aula física.

Mapa mental

Desenvolvido pelo inglês Tony Buzan, o mapa mental é um diagrama que, quando aliado às aulas digitais, permite uma melhor gestão do conhecimento, facilitando o esclarecimento para os alunos sobre os objetivos a serem alcançados.

Com o mapa mental, os alunos podem entender sua situação atual referente ao aprendizado, os passos que deverão dar a seguir e as estratégias que devem adotar para obter sucesso em cada etapa. Com isso, os alunos podem traçar uma linha de desenvolvimento, pensando, por exemplo, em que patamar poderão estar daqui a uma semana ou um mês.

Calendário

O calendário é essencial para nos organizamos e cumprirmos nossos compromissos diante da correria que o dia proporciona — e no meio acadêmico não é diferente.

Ele é uma das ferramentas mais básicas na sala de aula virtual, pois permite que os alunos possam saber seus compromissos futuros e se preparar com antecedência, otimizando seu tempo e potencializando seu aprendizado.

O calendário também auxilia na gestão do aprendizado, já que o professor pode utilizá-lo para programar atividades avaliativas sem sobrecarregar os alunos.

Infográfico

O infográfico é um grande facilitador na hora de transmitir informações complexas aos alunos, pois seu foco é completamente visual, dando prioridade à apresentação com cores e imagens.

Tal recurso se assemelha muito aos gráficos tradicionais; porém, o seu diferencial está na maneira didática como ele pode ser produzido, tornando a absorção do seu conteúdo mais eficaz para os alunos.

Videoaulas

Ferramenta essencial no ambiente de ensino digital, as videoaulas contêm a maior parte do conteúdo didático que será acessado pelos alunos. Nelas, as matérias são gravadas previamente pelos professores.

As videoaulas são muito eficazes no aprendizado, pois podem ser acessadas de qualquer local e assistidas em qualquer horário e quantas vezes o aluno desejar.

Também é uma grande vantagem para os professores, pois eles podem produzir o material com mais antecedência e em maior escala — não se limitando ao período de uma sala de aula —, além de poderem reformular o conteúdo, caso seja necessário.

A partir do conteúdo apresentado neste artigo, você viu como a aula digital pode trazer diversos benefícios ao aprendizado e entendeu como ela é ministrada e produzida, usando as melhores práticas, até ser disponibilizada para o aluno.

Se você se interessou pelo tema e quer saber mais, entre em contato conosco agora mesmo. Nossa equipe está preparada para tirar todas as suas dúvidas e ajudá-lo a entender mais sobre esse e outros temas relacionados à Educação.