Vida pós-ENEM: 9 formas de que os pais podem ajudar

Vida pós-ENEM: 9 formas de que os pais podem ajudar

Passado todo o estresse envolvido na preparação para o ENEM, não resta muito a se fazer além de aguardar pelos resultados do exame. Afinal, é só com eles em mãos que os futuros estudantes universitários poderão decidir exatamente quais serão seus próximos passos.

Nesse momento, para que as decisões relativas à etapa que está por começar sejam tomadas com bastante consciência e maturidade, o ideal é estar com a cabeça fria, e para isso é preciso deixar o frenesi do ano anterior para trás.

No post de hoje, trouxemos 9 sugestões para que você ajude seu filho a relaxar no pós-ENEM, preparando-se para encarar revigorado a fase inédita que vem aí, pronto para qualquer desafio! Vamos ver?

1. Viajar pelo mundo

Nada melhor para deixar realmente para trás o estresse e a ansiedade na espera pelo resultado do ENEM do que embarcar em uma viagem, de preferência para fora do Brasil, sem nenhuma preocupação na mala.

Além de possibilitar que o estudante se esqueça do nervosismo relacionado à prova, passeios desse tipo também são excelentes oportunidades para ampliar seus horizontes, conhecendo novos pontos de vistas e entrando em contato com situações mais do que propícias para a reflexão e a ocorrência de insights fundamentais na hora de decidir o que fazer em seguida.

2. Fazer cursos de artes e ofícios

Para quem é curioso e não se cansa de aprender, o momento pós-ENEM pode ser perfeito para se dedicar a pequenos prazeres para os quais não houve tempo no ano que passou. Cursinhos práticos de fotografia, artes plásticas, culinária, teatro ou outro ofício de interesse do estudante são um ótimo jeito de aprender algo novo sem a pressão da escola.

Essas são aulas mais descontraídas, com muito trabalho manual ou corporal e focadas em se divertir no lugar de conseguir boas notas. Assim, elas podem contribuir para tirar a mente do adolescente das preocupações quanto à prova e, ainda, fazê-lo pensar sem ansiedade nos caminhos que poderá seguir no futuro.

3. Desenvolver um novo hobby

Tem algo que seu filho sempre quis aprender, mas ao qual não pôde se dedicar por causa da rotina atribulada na reta final do ensino médio? Então por que não aproveitar o momento entre o ENEM e o Sisu para mergulhar de cabeça em um novo hobby?

Aprender japonês, começar a fazer tricô, estudar história da arte, jogar xadrez: este é o tempo de experimentar e deixar-se levar por essas vontades sem medo! Quem sabe a novidade não acabará sendo útil em na vida acadêmica e profissional que está por vir?

4. Ler livros por diversão

Todo vestibulando sabe que a carga de leitura para quem está no finalzinho do ensino médio não é nada leve, e com isso, claro, sobra pouquíssimo espaço e energia para abrir um livro simplesmente porque queremos lê-lo.

Se durante a preparação seu filho nem conseguia olhar para seus autores preferidos, que ficaram ali empoeirando-se na mesa de cabeceira, agora não há mais motivo para adiar suas leituras favoritas. Dos quadrinhos aos posts de seus blogueiros mais queridos, ler também pode ser uma maneira de relaxar a mente enquanto viaja por mundos imaginários.

5. Passar tempo com os amigos e a família

Desde que o assunto “resultado do ENEM” e “escolha da carreira” não fique voltando constantemente nas conversas com amigos e familiares, a companhia dessas pessoas pode ser tudo o que o estudante precisa para tirar a cabeça da prova e limpar sua mente para encarar o que vem adiante.

Incentive seu filho a aproveitar o tempo livre para estar com quem mais gosta e matar toda a saudade acumulada durante o ano de preparação intensiva que acabou!

6. Assistir a filmes e séries

Outra fonte riquíssima de aprendizado e reflexão sobre os próximos passos a serem dados na vida são os filmes e seriados.

Seja no cinema ou em casa, sozinho ou com os amigos, assistir aos conflitos e superações dos personagens das telinhas ou telonas contribui para que o estudante reduza o nervosismo e, ao mesmo tempo, reflita quase inconscientemente sobre o que gostaria de fazer no futuro, sobre que tipo de “herói” gostaria de ser e como pode chegar lá.

7. Dedicar-se aos esportes por lazer

A prática de atividades físicas é uma excelente aliada no combate à ansiedade e até à depressão, no entanto, para quem já passou o ano indo regularmente à academia a fim de descontar o estresse da escola, o período após o ENEM pode pedir algum exercício que não tenha tanto esse ar de obrigação.

Chame seu filho para caminhar com os pets da família, organize passeios com trilhas de bike ou trekking nos finais de semana, aproveite para nadar ou simplesmente dar uma corrida até a sorveteria mais próxima e de volta. O importante é manter-se em movimento sem fazer da rotina de esportes um fardo.

8. Conhecer outros cantos da cidade

Quando é que temos a chance de sermos turistas em nosso próprio lar? Perdidos na correria do dia a dia, muita gente mal conhece as principais atrações da própria cidade em que vive. Sendo assim, o fim do ENEM pode ser a oportunidade ideal para visitar museus, restaurantes famosos, parques e pontos turísticos que passam despercebidos pelos habitantes locais.

Estimule seu filho a sair para visitar partes da região que ele não frequenta normalmente, aproveitando para se distrair enquanto descobre a cidade sob novos ângulos, incentivando a reflexão e ampliando seus horizontes.

9. Simplesmente não fazer nada

Por último, vale lembrar que não há nada de errado em passar por uma fase de não querer fazer absolutamente nada, principalmente nos primeiros dias depois do ENEM.

Recuperar todo o sono perdido durante a preparação para a prova é essencial para recomeçar pronto para superar novos obstáculos, e até passar um ou dois dias em sedentarismo completo pode ser benéfico. Acredite: o terceiro ano do ensino médio é mesmo cansativo para um adolescente!

Nessa hora, é importante apenas manter-se atento aos sinais do próprio corpo. Depois de algum tempo de descanso em abundância, irritabilidade e raiva podem ser indicativos de que é preciso voltar a mexer-se, e os cuidados com a alimentação também devem ser observados para que a saúde não seja prejudicada por essa “hibernação pós-ENEM”.

Com esse programa intensivo para liberar a mente de preocupações, o tempo vai passar voando até a chegada dos resultados do exame, e quando isso acontecer, seu filho estará mais do que preparado para encará-los com toda a disposição!

Leia também nosso artigo com 6 coisas que você nem imaginava que seu filho poderia fazer com a nota do ENEM e esteja um passo à frente na escada em direção ao sucesso!

 

Comentários

comentários