Posso confiar em novas metodologias de aprendizagens?

Posso confiar em novas metodologias de aprendizagens?

 

Quadro negro e testes convencionais? Não mais. Responsável por revolucionar a educação, os métodos alternativos de ensino apostam no equilíbrio emocional, físico e espiritual do aluno como fatores primordiais para o aprendizado. Aulas didáticas com utilização de tecnologia 3D, músicas e mídias digitais são alguns dos novos aliados dos professores, que buscam o desenvolvimento completo do aluno explorando novas habilidades e metodologias.

Além de facilitar o processo de aprendizado, um ensino diferenciado também estimula a criatividade e possibilita o desenvolvimento de particularidades de cada aluno. Mas é possível confiar nesses métodos alternativos? É essa a pergunta que alguns pais ainda resistentes à metodologia devem estar se fazendo nesse momento. Pois para responder a essa questão, pontuamos abaixo vários benefícios de um ensino diferenciado, normalmente disponível nas escolas mais antenadas. Confira!

Habilidades específicas e cognitivas

Investir em métodos alternativos de ensino é ideal para o desenvolvimento de novas habilidades. Apresentações em grupo, simulação de fatos históricos e canto, por exemplo, são métodos não convencionais que resultam em um cenário enriquecedor, pois estimulam a criatividade e exploram características individuais e coletivas dos estudantes. As aulas que transcendem o método tradicional influenciam também no processo de aprendizado, desenvolvendo as seguintes habilidades cognitivas:

  1. Investigação: descobrir ou criar estratégias para solucionar algum conflito ou impasse.

  2. Raciocínio: processo resultante da investigação que implica em ampliar e organizar o que foi descoberto.

  3. Conceituação: após analisar e adquirir conhecimento sobre o assunto, chega-se à formação de um conceito.

  4. Tradução: nessa última etapa, cria-se um significado sobre a descoberta feita na investigação.

Conjunto de habilidades aprendidas em diferentes etapas, de acordo com a evolução física e mental do indivíduo, as habilidades cognitivas possibilitam um conhecimento compreendido e assimilado em vez de simplesmente memorizado.

Motivação por métodos alternativos

Apostar em métodos não convencionais também amplia a motivação dos alunos. Acordar cedo e ter uma rotina estudantil não é uma tarefa fácil, sobretudo quando o estudante está desinteressado e as aulas são cansativas. Assim, a elaboração de exercícios e atividades baseadas em alternativas diferenciadas proporciona uma dose extra de estímulo para seus filhos irem à escola.

O ensino tradicional é uma metodologia pouco eficiente para as exigências dos dias de hoje, pois foram criadas em outros contextos social e mercadológico. Atualmente, é preciso preparar os estudantes para a complexidade do mundo contemporâneo, sendo os métodos alternativos uma solução mais alinhada com essas necessidades.

Habilidades não Cognitivas

Ninguém vive só: esse mantra pode ser aplicado a qualquer âmbito, seja na esfera profissional, no âmbito pessoal ou na vida escolar. O pensamento coletivo e o trabalho em equipe são fundamentais para uma vida em sociedade. Porém, nem todas as instituições adotam práticas que incentivam essa coletividade. Além do mais, métodos que fomentam a importância do trabalho em equipe possibilitam a conscientização dos alunos sobre questões essenciais na atualidade, como cooperação e solidariedade.

Domínio de novas artes

Aprender algum instrumento musical, experimentar uma segunda língua ou até mesmo dedicar-se às artes: as escolas que apostam em métodos alternativos sempre estimulam os alunos a saírem da zona de conforto. Oferece-se nessas instituições, inclusive, aulas especiais, como esportes, música e língua estrangeira, que aguçam a percepção e desenvolvem o raciocínio. E vale ressaltar que, como modelo diferenciado, a escola integral é completamente benéfica nesse contexto. Permanecendo dois períodos na instituição, o aluno terá mais contato com atividades relevantes, fator que torna o método mais adequado especialmente diante da opção de deixar o filho em casa sem maiores orientações ou cuidados.

Alunos engajados, curiosos e atualizados

Os métodos de ensino alternativos também têm um impacto na personalidade dos alunos, já que escolas com metodologias diferenciadas reconhecem a importância de se conectar com as novas tendências, apostando nos adventos tecnológicos como instrumentos de ensino. Nesse panorama, o uso de plataformas e aplicativos pedagógicos ou não, representa um avanço expressivo no âmbito educacional.

Desde que usada com sabedoria, a tecnologia pode gerar efeitos extremamente benéficos no universo escolar. As ferramentas tecnológicas disponibilizam mecanismos que facilitam a compreensão do aluno diante dos diversos cenários e acontecimentos ligados a política, economia, meio ambiente e educação, atiçando sua curiosidade e atualizando-os a respeito do cenário mundial.

Outro ponto que pode ser destacado é o uso das mídias digitais, que possibilita uma interação igualitária entre aluno e professor, criando assim um vínculo positivo de relacionamento interpessoal. O compartilhamento de informações nas redes também modifica o processo de comunicação educacional, que agora passar a ser horizontal, isto é, tanto docente quanto discente trocam e adquirem conhecimento partindo da premissa de que estão no mesmo nível.

Interação saudável com os pais

Tão importante quanto o processo educacional em si é a interação com os familiares para um ensino de qualidade. Ciente dessa realidade, as instituições de ensino com métodos alternativos prezam pela comunicação e pelo contato direto com os responsáveis, estimulando-os a participarem da vida escolar dos filhos. Eventos de confraternização, palestras e atividades especiais são algumas das estratégias dos colégios para estreitarem os laços entre profissionais da educação, pais e alunos. Essa participação dos pais na vida acadêmica dos filhos tem um impacto expressivo no progresso dos alunos, garantindo motivação e contribuindo diretamente para seu rendimento escolar.

Promoção de autoconhecimento

Práticas pedagógicas singulares também são a chave para o autoconhecimento. E se conhecer é uma missão árdua, que requer paciência e reflexão. Com o autoconhecimento, o indivíduo adquire controle de suas emoções, evitando sentimentos negativos ou de inquietação, conseguindo assim uma vida mais leve e plena. Como já argumentava o filósofo Sócrates, somente o autoconhecimento pode promover a evolução do homem. Assim, ter ciência de quais são seus pontos fracos e fortes ajudará solucionar diversos conflitos externos e internos, orientado ações e decisões.

Promovendo a capacidade de sentir, pensar e agir, os métodos alternativos apresentam uma nova realidade educacional, que preza por desenvolver habilidades específicas das crianças, tornando-as aptas a enfrentarem as adversidades do mercado profissional e também da vida pessoal. Dessa forma, psíquico, físico e emocional formam o tripé de um ensino diferenciado, que ultrapassa as barreiras dos modelos convencionais.

E então, está convencido de que pode confiar nos métodos alternativos de ensino? Ficou ainda com alguma dúvida ou tem sugestões a fazer? Deixe aqui um comentário e enriqueça nosso post!

 

Comentários

comentários