Por que ter uma horta na escola infantil?

Por que ter uma horta na escola infantil?

Com a crescente presença da tecnologia no cotidiano do público adolescente e infantil, as crianças têm tido cada vez menos contato com a natureza, o que afeta não só a conscientização sobre a necessidade da preservação do meio ambiente, mas também o desenvolvimento humano e social delas. Projetos como a horta na escola têm sido a saída para as instituições de ensino preocupadas em resgatar essa relação tão importante.

Conforme uma pesquisa realizada pelo Royal Horticultural Society em parceria com a National Foundation for Educational Research (NFER) — institutos que promovem a horticultura e a educação, respectivamente —, as crianças que fazem atividades na horta da escola melhoram o seu desempenho acadêmico, físico e mental quando comparadas aos alunos que não possuem essa experiência no ambiente escolar.

Oferecer espaços para o cultivo dentro da escola infantil aproxima os alunos da natureza, gerando uma importante relação afetuosa com a mesma, de modo a conscientizá-los sobre a importância de cuidarmos das plantas e do meio ambiente no geral. Essa proximidade e afetividade com a natureza, é o primeiro passo para a construção efetiva e permanente de hábitos sustentáveis.

Apresenta a origem dos alimentos

Saber o que está sendo consumido, quais são os nutrientes necessários para o crescimento e de onde vêm os alimentos é fundamental para as crianças, que estão iniciando a formação dos seus hábitos.

Ao colocarem a mão na terra e plantarem frutas e verduras na escola, os alunos se familiarizam com os alimentos, compreendem do que eles são feitos e como podem contribuir para uma alimentação adequada.

Dessa forma, é possível incutir no seu filho o hábito de se alimentar saudavelmente desde cedo, ajudando-o a distinguir o tipo de alimento que lhe faz bem dos que não trazem benefícios para a sua saúde.

Isso diminui os riscos de desenvolvimento de doenças, o torna consciente sobre a importância de comer bem e, com certeza, acaba com cara feia na hora de comer salada no jantar.

Equilibra o uso de eletrônicos e o contato com a natureza

Apesar de oferecer diversos benefícios, o uso da tecnologia também pode trazer riscos para as crianças — como o isolamento, distúrbios emocionais e o distanciamento da natureza.

Ter um espaço que estimula o contato com o meio ambiente na instituição de ensino é essencial para equilibrar o uso de eletrônicos com o conhecimento a respeito do ecossistema.

O primeiro contato com a natureza é capaz de abrir portas para despertar a curiosidade do aluno sobre o assunto, fazendo com que ele tenha um estímulo a mais para participar de atividades ao ar livre em vez de ficar o dia todo conectado aos aparelhos eletrônicos.

Promove o desenvolvimento motor

Ajudar a plantar as sementes das verduras ou a regar as plantas na horta são atividades físicas que ajudam no desenvolvimento motor infantil, de maneira a otimizar a movimentação e o equilíbrio dos pequenos e deixando as suas ações mais precisas.

Além disso, participar da horta na escola infantil contribui com o melhoramento do desenvolvimento cognitivo e sensório-olfativo, uma vez que os alunos recebem novos conhecimentos sobre a natureza, tocando, visualizando e comendo aquilo que plantam.

Possibilita a aprendizagem na prática

Absorver a teoria em sala de aula e colocar os conhecimentos em prática é crucial para potencializar o processo de aprendizagem.

A horta na escola pode servir de base para o aprendizado das disciplinas e dos seus conteúdos. Na aula de ciências, por exemplo, os alunos podem acompanhar de perto como se dá o nascimento e o crescimento das plantas. Já nos ensinamentos de matemática, o professor pode trabalhar economia doméstica por meio do uso dos alimentos plantados.

O cultivo de uma horta cria situações de aprendizagem reais e diversificadas, o que permite ampliar a inserção e as discussões dos temas trabalhados dentro da sala. Ou seja, ao plantar frutas e verduras, as crianças também poderão colher conhecimentos que serão levados pela vida toda.

Incentiva a cuidar da natureza

Um dos maiores ganhos proporcionados pela horta na escola infantil é incentivar os pequenos a amar e cuidar da natureza. O fato de plantar, zelar pelas plantas enquanto estão crescendo e depois colher e comer o fruto ensina os alunos que, quando cuidamos do meio ambiente com carinho, ele pode nos retribuir positivamente.

Os ensinamentos adquiridos na instituição de ensino extrapolam o âmbito escolar e desenvolvem a consciência ecológica da criança em todos os lugares, fazendo com que ela também queira cuidar da natureza que está presente ao seu redor não só na sua comunidade.

Inclui a participação da família na horta na escola

A maioria dos projetos de horta na escola inclui a participação dos pais e familiares dos alunos, o que significa disseminar ainda mais o aprendizado adquirido durante as aulas.

Assim, as crianças se tornam multiplicadoras, já que levam para o seu lar aquilo que aprendem no ambiente escolar. Dessa forma, a influência da horta não se delimita à escola.

Com os conhecimentos e a influência do seu filho em querer uma alimentação melhor, toda a família pode se unir na construção de uma horta em casa e garantir refeições de qualidade para todos.

Estimula o trabalho em equipe

Desde escolher as sementes para plantar até colher os alimentos maduros, as crianças tomam decisões em grupo, trabalhando em equipe em todas as etapas do cultivo da horta.

Esse estímulo do trabalho em conjunto ajuda na socialização dos alunos com os seus colegas de turma, possibilitando que eles aprendam a ouvir, debater, trocar ideias e a colaborar com os demais.

Uma atividade aparentemente inocente como cuidar de uma horta pode preparar o seu filho para que ele cresça consciente da importância de considerar opiniões, necessidades e o respeito pelos outros. Além disso, ensina que o trabalho em equipe é um excelente meio para conseguir bons resultados em suas atividades.

Viu só quantos benefícios a horta na escola infantil pode proporcionar durante o processo de aprendizagem do seu pequeno? Ao matriculá-lo em uma instituição de ensino que ofereça essa experiência, você estará causando um enorme impacto positivo não só na educação do seu filho, mas também em sua saúde e formação enquanto cidadão.

Gostou deste post? Assine agora mesmo a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail!