Como escolher a melhor escola para seu filho?

Uma das primeiras preocupações que surgem quando pais começam a pensar na alfabetização de seus filhos é como escolher a melhor escola. Nesse momento, são várias as questões a serem avaliadas. E deve-se entender, desde então, que considerar somente as referências de familiares e amigos pode não ser suficiente. Lembre-se: a escolha de uma instituição de qualidade contribuirá significativamente para o melhor desenvolvimento das crianças a curto, médio e longo prazos. Pensando nisso, listamos e descrevemos aqui alguns pontos relevantes que os pais precisam analisar ao escolher uma escola para seus filhos. Fique de olho:

Conheça a metodologia

Alguns pais acreditam que precisam colocar seus filhos na escola principalmente para aprimorar suas relações sociais e oferecer atividades que preencham o dia das crianças. Mas por mais que esse pensamento faça sentido, a relação com a escola deve ser muito mais ampla! Considere que, como as crianças aprendem a todo o momento, os primeiros anos na escola são muito importantes para seu desenvolvimento. Por isso, conhecer a metodologia de ensino significa entender como a escola efetivamente contribuirá para a formação integral de seus filhos, quais serão as atividades adotadas e como elas agregarão maior valor no aprendizado.

Procure saber, então, se a escola trabalha por temas, como é o uso de livros no dia a dia, como se cobra a lição (em casa ou na escola), analise se realizam passeios e atividades externas, se há reforço escolar, como lidam com a alfabetização, como trabalham as habilidades e dificuldades das crianças, qual é o incentivo para a leitura, como é feita a avaliação do desempenho dos alunos, como se preocupam com o desenvolvimento intelectual e emocional deles, entre outros aspectos igualmente importantes.

Analise a formação dos docentes

Conhecer a capacitação dos docentes e assistentes, avaliando como eles se mantêm atualizados academicamente, é uma maneira eficiente para analisar a qualidade da escola. Afinal, o professor representa um mediador importante da educação. Geralmente, escolas que fazem parte de um sistema de ensino ou de um grande grupo de educação têm sua gestão mais profissionalizada, o que reflete na organização da rotina da escola e na qualidade dos serviços prestados. Assim, nas visitas e reuniões iniciais com diretores e coordenadores, vale a pena questionar sobre esse tema e ter a segurança de que seus filhos estarão nas mãos de pessoas que realmente saibam o que estão fazendo.

Verifique horários e localização

Verificar como seria a rotina diária em relação aos horários, como a escola lida com atrasos e se há cobrança de taxas nessas situações também é importante. Os pais devem saber, também, se a escola está localizada em uma região de fácil acesso e qual é o tempo de deslocamento até ela, questões que podem influenciar na rotina diária da família e também no próprio rendimento do aluno. Escolas muito distantes podem fazer com que a criança fique muito tempo no transporte escolar ou no carro, deixando-a mais cansada.

Conheça a estrutura física

Os pais devem realizar uma visita a fim de realmente conhecer a estrutura da instituição. Eles devem avaliar se o ambiente é limpo, se as salas são bem iluminadas, grandes, com boa estrutura física e materiais, como são os espaços interativos, se há segurança, biblioteca, cantina ou lanchonete, se os laboratórios e as salas de informática são bem equipados, se os banheiros e outros espaços são realmente adequados. 

Avalie as formas de comunicação

Os pais devem também procurar se informar a respeito de como a escola se comunica com os responsáveis. Isso porque, com a jornada muitas vezes corrida dos pais, é essencial que existam canais eficientes de comunicação. Por isso, avalie qual a frequência de encontros e reuniões, como são transmitidos os relatórios de acompanhamento, se existe uma agenda diária para que pais possam acompanhar a rotina escolar de seus filhos (como algum aplicativo de celular ou outro meio de comunicação).

Conheça um pouco o currículo da escola

Saber qual o material didático é adotado, qual a forma de trabalhar as diversas disciplinas e temas, conhecer a grade de matérias e quais são as opções de idiomas e aulas extra-curriculares disponibilizadas pela escola são alguns pontos que também podem ser bastante úteis na escolha da melhor instituição para seus filhos.

Confira o plano pedagógico

O plano pedagógico da escola consiste em uma série de definições e planejamentos que a instituição propõe para alcançar os resultados pretendidos. Ele descreve os planos de ação, os meios pelos quais a instituição buscará realizá-los, as formas de avaliação dos alunos, os investimentos propostos e as estratégias para medir os resultados gerais. Em resumo, o plano pedagógico reflete de forma fundamental a visão e a filosofia da escola, descrevendo de que forma o conhecimento é trabalhado. Assim, ao conversar com o diretor ou o coordenador, pergunte sobre o regimento escolar e as propostas da instituição. Esses profissionais estão preparados para especificar detalhadamente em que consiste o plano pedagógico e como ele é administrado, além de mostrar dados sobre resultados obtidos.

Considere os valores da instituição

Para que a parceria entre pais e escola funcione, é necessário que haja uma relação adequada entre o investimento e o que se recebe em troca. Nesse sentido, a melhor escola é aquela que possui, sobretudo, valores e concepções que são condizentes com os princípios da família e com o que os pais buscam desenvolver em seus filhos. Dessa maneira, deve-se optar por uma instituição que se enquadre no estilo de vida da família e que promova a aprendizagem de maneira similar ao considerado crucial na criação de seus filhos.

Agora comente aqui e nos conte se gostou das nossas dicas! Que tal deixar um comentário com dúvidas e sugestões? Participe!

 

Comentários

comentários