A importância do espanhol para carreira e vida pessoal

A importância do espanhol para carreira e vida pessoal

Por muito tempo, uma máxima prevaleceu entre os brasileiros: é preciso saber inglês para se destacar no mercado de trabalho e viver experiências únicas na vida. Dominar a língua inglesa, de fato, era suficiente para projetar uma carreira e garantir oportunidades.

Claro que o inglês segue sendo fundamental, porém, cada vez mais, o espanhol tem se destacado como uma necessidade e um grande diferencial. O idioma, que chegou um pouco tímido e por muito tempo ficou à sombra do inglês e, em muitos casos, do francês, traz uma série de vantagens para a carreira e para a vida pessoal.

Afinal, qual a importância do espanhol? Confira 6 motivos que respondem a esse questionamento!

É a segunda língua mais falada no mundo

Você já parou para pensar que, por mais que o inglês seja considerada a língua universal, ele encontra algumas limitações, e em muitos lugares, não é possível se comunicar a partir desse idioma.

O espanhol se destaca justamente por essa abrangência: é o segundo idioma mais falado no mundo, com cerca de 427 milhões de falantes nativos, perdendo apenas para o mandarim. O inglês? É o terceiro da lista, com 339 milhões.

Na América do Sul, por exemplo, o idioma é majoritário. Ao redor do mundo, incluindo a Espanha, a língua é falada em 20 países, ou seja, o espanhol amplia as possibilidades de conexão com outras nacionalidades, que são riquíssimas em História, costumes e cultura.

Pensando na educação dos seus filhos, garantir o aprendizado do espanhol é fazer com que eles estejam preparados para se comunicar com pessoas de várias partes do mundo, nas mais diversas situações que envolvam o uso da língua.

Ajuda na conquista de emprego 

O espanhol é um diferencial para a carreira e pode ser decisivo para que alguém conquiste o emprego que tanto deseja. Quando jovens aprendem espanhol, se firmam como mais aptos às melhores vagas do mercado de trabalho.

Isso se dá, especialmente, por conta de uma peculiaridade: por algumas similaridades entre as línguas, brasileiros costumam achar que a diferença entre português e espanhol está na boa e velha improvisação.

Assim, quem estuda espanhol se destaca, especialmente porque a língua é cheia de falsos cognatos, ou seja, existem muitas palavras nesse idioma que se assemelham às palavras do português, mas que querem dizer algo completamente diferente. A palavra “Apellido”, por exemplo, não faz referência a um nome inventado para alguém de forma carinhosa, sendo traduzida como “sobrenome”.

Dessa forma, quem se dedicar ao aprendizado do espanhol vai sair na frente em sua carreira. Em algumas áreas, essa necessidade é mais evidente. Na Administração, é muito comum que alianças sejam feitas com investidores da América do Sul, sendo comum o diálogo nesse idioma.

Quem é da área de Engenharia Civil sabe quantos engenheiros do Brasil, que trabalham em grandes construtoras, viajam para acompanhar obras em países vizinhos.

No Direito, não só boa parte da bibliografia de interesse é em espanhol, como também é preciso considerar que empresas brasileiras estão expandindo sua atuação para países latinos. Assim, os advogados dessas empresas certamente precisarão dominar o idioma se quiserem garantir a empregabilidade.

Se seus filhos demonstram interesse por uma dessas carreiras para o vestibular, será preciso dar atenção redobrada ao espanhol.

Amplia possibilidades de trabalho na América do Sul

Você já pensou no ganho profissional e de maturidade proporcionado por trabalhar em países vizinhos, seja por uma temporada ou por um prazo estendido? Você entendendo a importância do espanhol desde agora, as possibilidades de atuação dos seus filhos não precisam estar restritas ao Brasil.

Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela: todos esses destinos passam a ser novas possibilidades para a carreira e, dependendo da atuação, para o empreendedorismo.

Vale lembrar que, por conta do Mercosul, o trânsito nos países que compõem e bloco é facilitado e pode render bons frutos para as investidas profissionais. A projeção é que essas vantagens continuem – o que te dá bons motivos para pensar no espanhol para a futura carreira dos seus filhos.

Favorece o networking em outros países

Todo mundo sabe que o networking, a rede de relacionamento e de cooperação mútua que se forma com outras pessoas é o grande “pulo do gato” em qualquer carreira.

São os contatos cultivados a partir dessa rede que podem render boas oportunidades de emprego, negócios e parcerias. Já pensou se seus filhos, ao escolherem um caminho profissional, pudessem expandir isso para outros países, potencializando a rede?

O espanhol permite que alguém construa uma boa rede com profissionais da América do Sul, por exemplo, e vá a congressos da sua área profissional na Espanha com a mesma facilidade. É mais acesso ao conhecimento e às pessoas que podem impactar uma carreira.

Amplia fontes de conhecimento

Já adiantamos um pouquinho do assunto no tópico anterior, mas esse ponto é tão importante para entender a importância do espanhol que merece atenção à parte.

Aprender espanhol é ampliar significativamente o acesso as informações e ao conhecimento. Há uma infinidade de livros não traduzidos, sites especializados ou eventos que tem o espanhol como língua oficial e que só podem ser aproveitados em sua totalidade com o conhecimento língua.

Isso tudo, é claro, sem falar no ganho cultural das viagens por países de língua espanhola, que também são uma forma de construir e adquirir conhecimento. Pense na riqueza dos museus de Madrid e Barcelona, em quanta história Machu Picchu não guarda. Inspirador, não é mesmo?

Apresenta custos de aprendizagem mais acessíveis 

A essa altura, você já se deparou com bons argumentos que mostram o quanto o espanhol é importante para a carreira e vida pessoal. Mas vamos te dar outro motivo para investir nesse estudo, daqueles que abrem um sorriso no rosto: o custo desse aprendizado são baixos, se comparado ao de outros idiomas.

Não é preciso ser especialista para entender que um falante de língua portuguesa terá muito mais facilidade para aprender espanhol, com quem tem uma matriz compartilhada, do que para árabe ou mandarim, certo?

Isso faz com que o tempo de aprendizagem seja menos extenso e os resultados sejam mais rápidos. Cursos temáticos de espanhol à distância, que muitas vezes apresentam valor mais acessível, por exemplo, são excelentes opções, uma vez que aprender a língua pode ser uma tarefa mais instintiva.

O inglês e o francês, por exemplo, demandam um outro nível de esforço para serem dominados, um pelas diferenças gerais em relação ao português, o outro pelas dificuldades de pronúncia e grafia.

Com os resultados dos estudos aparecendo com maior rapidez, aprender espanhol pode ser muito prazeroso.

A importância do espanhol para carreira e vida pessoal é inquestionável, não é? Investir hoje na língua espanhola é garantir um futuro com mais oportunidades para os seus filhos!

Você gostou do nosso conteúdo e quer ler mais artigos como esse? Então, que tal curtir a nossa página no Facebook para saber tudo em primeira mão?

Comentários

comentários