7 dicas infalíveis para você não ficar de recuperação escolar

7 dicas infalíveis para você não ficar de recuperação escolar

No Ensino Médio, uma situação pode ser um grande pesadelo: a recuperação escolar. Se você não atingir o número de pontos necessários para seguir em frente, ou seja, a média, vai precisar estudar em dobro e lidar com a pressão de fazer uma prova que vale tudo ou nada.

Nada de desespero! A recuperação é, pelo menos, uma segunda chance de evitar perder o ano escolar. De toda forma, é melhor evitá-la, pois ninguém quer ter essa dor de cabeça e perder as férias.

Estudando e seguindo alguns passos, você pode escapar da recuperação. Confira as dicas infalíveis que preparamos para você!

1. Nunca deixe para estudar em cima da hora

Esse é um erro comum e pode facilmente levar para a recuperação escolar. O conteúdo passado nas matérias é para ser apreendido gradualmente, e não todo de uma vez.

Tentar estudar de uma só vez o que foi trabalhado em sala durante todo um ano não é compatível com a capacidade do seu cérebro.

Estudando de pouquinho em pouquinho e de maneira constante, você garante um aprendizado mais eficaz e tranquilo. Fazendo isso, você terá bem menos chances de ficar de recuperação escolar.

2. Planeje sua rotina de estudos

Para estudar gradualmente e ter mais chances de sucesso, você precisa planejar uma rotina de estudos e seguir sem furo. Pode parecer chato ter essa obrigação praticamente todos os dias, mas acredite: é ainda mais chato correr o risco de perder um ano inteiro.

Monte um cronograma de estudos com metas reais e possíveis. Faça um levantamento dos conteúdos que você precisa estudar e divida-os na semana da forma como render melhor (por exemplo, um dia para cada matéria). Separe de duas a três horas diárias para estudar.

O ideal é que você coloque seu planejamento sempre à vista, para não se perder nem deixar a matéria acumular. Você pode ou pregá-lo na frente da sua mesa de estudos ou deixar como fundo de tela do seu notebook, por exemplo.

3. Foque nos conteúdos mais importantes

Quanto mais dificuldades você tem em um conteúdo, mais você precisa dedicar tempo para estudá-lo. E quanto mais importante esse conteúdo for pra matéria, mais você deve priorizá-lo — especialmente porque alguns conceitos são pré-requisitos para aprender o que vem em seguida.

Lembre-se disso ao montar seu planejamento de estudos. Mais horas para as matérias mais difíceis e mais vezes na semana. Naquilo que você já tem mais facilidade, uma leitura rápida e alguns exercícios de fixação já são o bastante (mas não descuide!).

4. Recorra a métodos variados de estudo

Você considera que estudar é uma atividade chata e cansativa? Não precisa ser! Tudo bem que nunca vai ser igual um passeio com amigos ou uma tarde vendo aquela série incrível, mas você pode adotar estratégias para deixar o tempo de estudos menos entediante.

Varie sua forma de estudar, leia textos, veja vídeos com aulas sobre o assunto no YouTube (em canais confiáveis, é claro!), procure jogos online com a temática, ouça podcasts. Você pode usar a tecnologia ao seu favor!

Quando estiver com a energia esgotando, que tal gravar sua própria voz no celular explicando a matéria para ouvir depois? Caso dê certo, que tal você trocar áudios com a sua turma? Esse recurso pode ajudar a fixar conteúdos de uma maneira menos formal.

5. Faça analogias para entender a matéria

Algumas matérias são realmente difíceis e pedem um pouco mais de esforço para o entendimento. Uma maneira interessante de você fazer isso é associar os conteúdos a coisas do seu dia a dia que são, inclusive, prazerosas.

Analogias são possíveis entre a matéria de História e aquela franquia de livros de ficção que você adora. A personalidade dos personagens do seu filme preferido pode ser associada aos comportamentos dos elementos químicos.

Já pensou como isso pode ser útil não só para deixar o processo de estudar mais leve, mas também para auxiliar na memorização do conteúdo? Invista na criatividade e anote (explicando direitinho) suas associações.

6.  Procure ficar tranquilo

Você já percebeu que não está indo bem em uma matéria mesmo com seus esforços e estudo e está caminhando para o precipício? Se desesperar não vai ajudar em nada, só vai criar mais ansiedade e prejudicar os seus resultados.

Em vez disso, trace estratégias inteligentes para driblar sua dificuldade. Tem um amigo que entende tudo do conteúdo? Marque um horário para estudar com ele (mas é estudar mesmo, hein?).

Aquela garota da sala sabe tudo sobre o assunto? Que tal pedir a ela passe livre para fazer contato no WhatsApp caso surjam dúvidas? Encontre a maneira que mais funciona para você, mas mantenha a cabeça fria  e procure ficar tranquilo.

7. Tenha momentos de lazer e descanso

Tão importante quanto estudar é descansar. Garanta momentos de lazer e divertimento para você e perceba que sua capacidade de concentração vai melhorar muito na sua rotina de estudos (aquela que não é para furar de jeito nenhum).

Você pode, inclusive, fazer do lazer um mecanismo de compensação. Conseguiu cumprir sua meta de estudos da semana? Dá para maratonar naquela série da Netflix. Esforçou-se bastante durante o mês e merece respirar? Que tal um final de semana inteiro com os amigos?

O que importa é garantir que você tenha equilíbrio mental para aguentar o ritmo de estudos e fazer o seu ensino médio ficar mais leve. Com dedicação, mas também cabeça fresca, você vai passar bem longe da recuperação escolar.

Viu que não tem segredo? Seguindo nossas dicas, você vai conseguir estudar tudo no tempo certo e acompanhar o conteúdo junto da turma. Cuide para que sua rotina de estudos seja cumprida e não faça corpo mole para revisar a matéria e fazer exercícios, ainda mais se estiver no período pré-vestibular!

E se mesmo assim a recuperação escolar chegar, respire fundo e a enfrente de cabeça erguida. Invista em um cronograma intensivo de estudos, se dedique mais ainda e tome cuidado para isso não se repetir.

Caso aconteça de você passar raspando em um ano, estude ainda mais no começo do próximo para nivelar seu conhecimento e não ficar apertado depois. Assim, você garante um período letivo mais tranquilo e sem surpresas desagradáveis.

E então, gostou das nossas dicas? Que tal nos acompanhar pelo Facebook para ter acesso a tudo isso em primeira mão?