4 dicas para seu filho se dar bem na redação do ENEM

4 dicas para seu filho se dar bem na redação do ENEM

A prova de redação do ENEM talvez seja o mais temido dos desafios que os estudantes precisam enfrentar no finalzinho do Ensino Médio. E não é por menos! Além de representar a última fase de um exame cansativo, cuja nota será definitiva nas próximas etapas da vida dos jovens, não zerar a redação ainda é requisito para a conquista de diversos benefícios dali para frente, como o ProUni, o FIES e até o uso do exame como certificado de conclusão do Ensino Médio. Isso sem falar que a capacidade de saber se expressar bem pela escrita será cobrada durante toda a carreira do futuro universitário, independentemente da área escolhida.

Com tantos motivos para se preparar com o máximo de cuidado para essa prova, só resta agora ficar de olho nas nossas dicas para que seu filho se saia muito bem e leve à habilidade da escrita para a vida toda! Então vamos conferir?

Refletir sobre o que lê

Não é novidade para ninguém que a leitura é essencial para melhorar a escrita, não é mesmo? De fato, quanto mais se lê, mais vocabulário, articulação e familiaridade com a norma padrão da gramática se adquire. Além disso, conhecer pontos de vista diferentes por meio de livros, notícias, artigos e até blogs é essencial para ajudar seu filho a desenvolver outra habilidade fundamental para se dar bem na prova de redação do ENEM: o senso crítico.

Uma das competências exigidas pelo Exame Nacional do Ensino Médio é que o estudante saiba formar uma opinião e argumentar para defendê-la. Sendo assim, deixar-se levar pelo pensamento predominante, seja na mídia ou mesmo entre os amigos, provavelmente não será suficiente. Para conquistar uma nota campeã na redação, será preciso refletir e construir um raciocínio que vá além da média, conjugando diferentes perspectivas a respeito do tema para eventualmente chegar a uma conclusão que supere as expectativas.

Levando tudo isso em conta, além de ficar por dentro das atualidades do país e do mundo, é interessante consultar diferentes fontes, debater com pessoas diferentes e estar sempre aberto a pontos de vista que (ainda que distintos e, inclusive, discordantes) ajudem a evoluir ideias e argumentos.

Praticar bastante

Tirar a nota máxima (mil pontos) na prova de redação do ENEM não é nada fácil. Tanto é que, em 2015, apenas 104 candidatos entre os 5,8 milhões de estudantes que participaram do exame conquistaram essa façanha. As dicas de quem tirou total, no entanto, têm um ponto em comum: muita prática e persistência. Alguns chegaram a escrever mais de um texto por semana durante um ano antes do grande dia, tudo para ficarem craques na escrita.

Portanto, independentemente do nível do seu filho quando o assunto é redação, para se aproximar da nota total é preciso treinar muito. Dentro do formato dissertativo-argumentativo exigido no ENEM, dá para praticar escrevendo sobre os temas dos últimos exames, sobre assuntos em alta na mídia ou mesmo sobre tópicos de interesse pessoal, como uma teoria a respeito de um seriado ou a crítica a um livro.

Depois, é primordial contar com o feedback de um adulto (de preferência, um professor) para entender o que pode ser melhorado e o que deve ser aproveitado nos textos futuros. Dessa maneira, o estudante pode ir se acostumando com o gênero textual cobrado na prova, aprendendo com seus próprios erros e, ainda, aumentando sua capacidade de escrever melhor e em menos tempo.

Aprender a gerenciar o tempo

Por falar em tempo, esse é outro aspecto importantíssimo da prova de redação do ENEM. Isso porque, na hora do exame, seu filho terá que dividir as 5 horas e meia disponíveis no segundo dia do teste entre 90 questões objetivas de Linguagens e Matemática com a escrita da redação. Nesse caso, administrar bem o tempo é imprescindível. E para ajudar nesse desafio, sugerimos que ele:

  • Realize simulados completos, reproduzindo os dois dias de prova, para ter ideia de quanto tempo gasta em cada etapa ao considerar também o cansaço acumulado na maratona;

  • Planeje com antecedência (e com base no que observou em seus simulados) quanto tempo pretende gastar em cada etapa do exame, estabelecendo um limite para as questões mais difíceis e deixando uma folguinha para voltar a elas ao final;

  • Monte um rascunho do que pretende escrever na redação antes de começar as provas objetivas, de modo a ganhar mais velocidade caso falte tempo no fim.

Ainda vale lembrar que o tempo para o preenchimento do cartão de respostas do ENEM também precisa ser computado nesse planejamento, não podendo ultrapassar o limite de 5 horas e meia.

Evitar o zero

Se apenas 104 estudantes tiraram total na redação no ENEM de 2015, outros 53 mil participantes zeraram essa parte do exame. Mas calma. Antes que seu filho se assuste e acabe se atrapalhando em função do nervosismo, é bom saber quais são os motivos que, de acordo com o edital do exame, podem levar alguém a tirar zero na redação. Assim, além de deixar a folha de resposta da redação em branco, também pode zerar a prova o estudante que:

  • Ignorar o tema proposto, escrevendo sobre qualquer outro assunto;

  • Escrever um texto que não obedeça ao formato dissertativo-argumentativo (como um poema, uma lista ou uma narrativa);

  • Não passar o texto para a folha de redação em caneta preta (deixando a lápis, por exemplo);

  • Redigir um texto de menos de 8 linhas (sem contar com as citações referentes aos textos de apoio da prova);

  • Desenhar no texto, escrever palavras ofensivas ou trechos desconexos do restante do conteúdo (como nos casos em que certos jovens transcreveram hinos de times de futebol e receitas culinárias na redação), o que podem levar a banca a acreditar que o estudante tem a intenção anular a prova;

  • Formular argumentos e apresentar opiniões em desrespeito aos direitos humanos.

Salvo esses poucos erros fatais, não há motivo para seu filho zerar a prova. Seguindo as nossas outras dicas, refletindo para aumentar cada vez mais sua capacidade de argumentação e se dedicando para melhorar suas habilidades, ele com certeza terá grandes chances de conquistar uma boa nota na redação do ENEM. Então o que ainda está esperando para mostrar este post para seu filho?

Aproveite e leia também o artigo em que discutimos sobre a possibilidade de existência de uma metodologia perfeita de ensino e continue acompanhando nosso blog para ficar por dentro de todas as nossas dicas e novidades!