10 dicas indispensáveis de como estudar para o vestibular

10 dicas indispensáveis de como estudar para o vestibular

Praticar a escrita, fazer resumos, acompanhar as notícias, manter um cronograma de estudos…afinal, como estudar para o vestibular? Qual é a melhor estratégia para gabaritar as provas mais concorridas?

Existem várias maneiras de garantir o sucesso, já que cada estudante armazena informações de maneira diferente. Contudo, é possível, sim, obter melhores resultados com algumas práticas e posturas específicas.

Quer saber quais são elas? Então leia nossas dicas com atenção e reflita sobre como adaptá-las à sua rotina!

1. Saiba como estudar para o vestibular

Você já parou para pensar que ninguém nos ensina a “aprender” e a “estudar”?

Aprendemos na escola “o que estudar”, mas não somos instruídos quanto à prática do estudo em si. Ao contrário do que muitos pensam, “estudar” é algo que precisa ser praticado, assim como a escrita e a resolução de equações. 

Com essas dicas, portanto, mostramos como estudar para o vestibular de forma eficaz. Nosso objetivo será ajudá-lo a armazenar melhor o conteúdo e a garantir um bom desempenho nos exames!

2. Crie um cronograma de estudos realista

Caso você estude ou faça  cursinho no período da manhã é importante se organizar e elaborar um cronograma realista para as horas da tarde e também para a noite. Programe picos de estudo com intervalos para lanches, alongamento e descansos.

Por exemplo, reserve 45 minutos para Matemática, faça um intervalo de 15, e depois volte a estudar Português por mais 45. Você pode construir uma planilha no Excel ou no Google Docs e atualizá-la toda semana, de acordo com as aulas que tiver.

3. Construa mapas mentais 

Escolha um dia de seu final de semana para solidificar o que foi visto. Como fazer isso? Com a ajuda dos mapas mentais!

Mapas mentais são esquemas visuais que ajudam o cérebro a solidificar informações, especialmente quando elas possuem uma relação lógica.

Uma ótima maneira de estudar disciplinas mais teóricas como História e Literatura. Pesquise modelos na web, e quando for fazer o seu, tente não consultar o conteúdo. Escolha um tema específico e resgate tudo o que sabe sobre ele para, então, ordenar suas ideias no papel.

4. Faça anotações e tire suas dúvidas

Outra vantagem de revisar a matéria logo após a aula é que você verá exatamente quais são suas dificuldade, e poderá tirar as dúvidas com o professor na próxima oportunidade.

Fazer anotações e tirar dúvidas é uma maneira certeira de interagir com o conteúdo ativamente e, assim, memorizá-lo.

5. Estude o conteúdo no mesmo dia 

Vale muito a pena rever tudo que você viu na escola, e de preferência, no mesmo dia.

Lembra que anteriormente sugerimos para você conciliar seu cronograma de estudo semanal com as aulas?

Se na segunda-feira você teve aulas de Química, Física, Literatura, Inglês e Atualidades, estude essas mesmas matérias ao chegar em casa. Faça disso um hábito e assim, você estará fixando o conteúdo visto e identificando suas dúvidas.

“Matéria dada é matéria estudada”

Nada de deixar para depois! Quando “deixamos para depois”, a chance de procrastinação é alta!

6. Treine com simulados e provas antigas

Resolver simulados e provas anteriores trará a você duas grandes vantagens: o entendimento da lógica da prova e a gestão do tempo de resolução.

Para começar, os exames são preparados pelas mesmas bancas, ano após ano. Descubra qual é a banca responsável por sua prova e você verá que, apesar da variação nos temas, o formato das questões permanece.

Além disso, se você simular as condições do dia oficial, ou seja, o tempo de execução, poderá monitorar e melhorar seu desempenho.

7. Seja um grande leitor

Ler dará a você os instrumentos necessários para aprimorar sua escrita. Novas palavras, ideias, argumentos, novos conhecimentos: tudo isso você adquire em apenas alguns minutos de leitura diária.

Pode ser um livro, uma notícia ou um até um anúncio: tudo que alimenta a reflexão é válido. Como muitas questões do vestibular são contextualizadas com o que está acontecendo no mundo, priorize notícias sobre ciências, economia, política e educação. 

Leitura demanda concentração. Caso você frequente a escola pela manhã e segue seu cronograma de estudo para o período da tarde, reserve algumas horas da noite para a leitura. Preferivelmente, depois de praticar exercícios e relaxar, dedique meia hora a essa tarefa!

8. Pratique muito a redação para chegar à perfeição

No que diz respeito à redação: praticar a escrita é fundamental para ficar cada vez melhor.

Talvez uma redação por semana possa oferecer elementos para seu melhoramento. Pesquise os temas anteriores do Enem e do vestibular específico que você tentará.

Procure exemplares de textos que tiraram nota máxima e identifique o que eles têm em comum: a coerência entre as ideias; a argumentação; o uso correto da língua e outros diferenciais. Faça deles um modelo e pratique para aperfeiçoar suas habilidades. 

9. Mantenha-se motivado

Manter-se motivado é fundamental.

Reflita: “Por que estou prestando o vestibular, afinal de contas?” e “O que pretendo alcançar?”.

Manter seu objetivo em vista é o que vai impulsionar você a progredir mês após mês. 

Você tem um espaço de estudo só seu? Então aproveite e escreva em uma folha, cartolina ou quadro de recados o nome do curso e da universidade na qual você pretende ingressar e deixe exposto em uma parede perto de sua mesa. Eles servirão de lembrete!

10. Aposte em cursinhos pré-vestibular  

Fazer cursinhos pré-vestibular é uma ótima opção para quem precisa de direcionamento na hora de canalizar seus esforços. Os professores costumam ser especialistas em treinar a mente dos alunos para alcançar um objetivo específico: resolver as provas da melhor maneira possível.  

Se sua escola não possui esse tipo de curso preparatório, experimente algo novo e  considere mudar para uma que tenha algum diferencial que o ajude a alcançar seus objetivos.

Agora que você já sabe como organizar melhor seus estudos, que tal conferir também dicas para  arrasar nas provas de Inglês e de Espanhol? 

Comentários

comentários